PUB

Empresas portuguesas com 13.600 ofertas de trabalho para refugiados

 


A plataforma criada pelo Governo para reunir ofertas de trabalho de empresas para refugiados ucranianos em Portugal já recolheu 13.600 propostas de “todo o território”, disse esta segunda-feira a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

“Hoje (esta segunda-feira) de manhã, tínhamos 13.600 ofertas de emprego por parte de empresas que colocaram na plataforma do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) a sua vontade de contratar cidadãos ucranianos“, disse à agência Lusa Ana Mendes Godinho à margem de uma visita à Guarda, local onde será instalado o futuro Porto Seco, adiantando que as propostas são essencialmente nas áreas tecnológicas, turismo (restauração e hotelaria), no setor social, nas áreas dos transportes (motoristas) e na construção civil.

“São ofertas em todo o território (nacional). Praticamente em todos os concelhos temos propostas de emprego” para cidadãos ucranianos, afirmou. A plataforma foi lançada em 28 de fevereiro.

Segundo a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, o trabalho seguinte consistirá na “articulação conjunta” entre a Segurança Social e o IEFP, também em função das pessoas que se estão a registar para a proteção internacional.


Junte-se a nós 


Pub

OFERTAS DE EMPREGO

Pub

EMPREGO EM LOJAS, RETALHO E RESTAURAÇÃO

Pub

ESTÁGIOS

Pub

NOTÍCIAS

Pub