Escolas vão contratar mais de 800 técnicos especializados: psicólogos, educadores sociais, mediadores


As escolas vão poder contratar mais de 800 novos técnicos especializados no âmbito do Plano Nacional de Promoção do Sucesso Escolar através da implementação de planos desenvolvimento pessoal, social e comunitário, lançado recentemente, e tendo como finalidade o próximo ano letivo.
PUB


As candidaturas já estão abertas para os agrupamentos de escolas/escolas não agrupadas conceberem e apresentarem, na esfera da sua autonomia, planos de desenvolvimento pessoal, social e comunitário para a promoção do sucesso e inclusão educativos, refere o comunicado divulgado pelo Ministério da Educação em 6 de agosto de 2020.
Este reforço de recursos humanos está englobado nas medidas excecionais de organização e funcionamento das escolas para o próximo ano letivo.
Conforme referido no comunicado, estes psicólogos, educadores sociais, mediadores e outros técnicos de intervenção social vão ajudar à concretização de medidas centradas em dimensões essenciais para o sucesso e inclusão educativos, nomeadamente o aperfeiçoamento de competências sociais, emocionais e de desenvolvimento pessoal, o aprofundamento da relação entre escola e família e o envolvimento da comunidade na parceria para o sucesso.
De notar que este comunicado, vem na sequência do despacho do Senhor Secretário de Estado Adjunto e da Educação, de 31 de julho de 2020, onde declara a abertura da candidatura para os Agrupamentos de Escolas/Escolas não Agrupadas conceberem e apresentarem, na esfera da sua autonomia, planos de desenvolvimento pessoal, social e comunitário no âmbito da promoção do sucesso e inclusão educativos.

Processo de candidatura apresentadas pelos Agrupamentos de Escolas/Escolas não Agrupadas
As candidaturas são apresentadas pelos Agrupamentos de Escolas/Escolas não Agrupadas, na plataforma PNPSE (https://area.dge.mec.pt/pnpse/), sendo objeto de análise e aprovação pela Estrutura de Missão do PNPSE que acompanhará a construção e a execução dos planos contratualizados.
Os planos de desenvolvimento pessoal, social e comunitários são desenhados para o ano letivo 2020/21.
A candidatura deverá ser formalizada até ao dia 24/08/2020.
A aprovação das candidaturas, que terá lugar até 01/09/2020, é comunicada, logo que aprovada, aos Agrupamentos de Escolas ou Escolas não Agrupadas e à Direção Geral de Administração Escolar (DGAE), com vista à abertura de contratação do pessoal técnico de acordo com o perfil profissional indicado no plano de desenvolvimento pessoal, social e comunitário e com o número de recursos humanos atribuídos.
A DGAE comunicará aos Agrupamentos de Escolas ou Escolas não Agrupadas que poderão dar início à contratação dos técnicos, que seguirá os termos do procedimento de contratação de escola. 

Para consultar edital clique aqui.

Acompanhe Feed de Empregos no Facebook