Cerca de 6000 candidatos ao concurso para ingresso na GNR



O procedimento concursal para a constituição de reserva de recrutamento para a admissão ao Curso de Formação de Guardas da Guarda Nacional Republicana (GNR), publicado no Diário da República em 1 de setembro de 2020, conta com quase 6000 candidaturas, demonstrando a atratividade de uma carreira na Guarda.


PUB

 

O gabinete do Ministro da Administração Interna, referiu em comunicado de 18 de setembro, que "ao todo, foram submetidas 5832 candidaturas, 5669 das quais para Infantaria/Cavalaria e 163 para o serviço de Músicos".

 

Após uma primeira fase documental, seguir-se-á a convocação para as provas de seleção, todas elas eliminatórias, designadamente: Prova de conhecimentos; Provas físicas; Avaliação psicológica; Exame médico.

 

Como referido no comunicado, "Os candidatos que venham a ser considerados aptos em todas as provas iniciarão o Curso de Formação de Guardas, o qual tem a duração aproximada de 9 meses. Já os candidatos que fiquem fora das vagas poderão vir a ser chamados para futuros cursos, num prazo de 18 meses".


Consultar o Procedimento Concursal

Acompanhe Feed de Empregos no Facebook