Recrutamento de assistentes técnicos e operacionais: IPO Lisboa



O Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil – E.P.E. (IPO Lisboa) abriu procedimentos para recrutamento e seleção de:

Assistentes técnicostendo em vista o preenchimento das necessidades que vierem a ocorrer para os vários serviços administrativos, em regime de Contrato Individual de Trabalho.

Assistentes Operacionais - tendo em vista o preenchimento das necessidades que venham a ocorrer para prestação de cuidados de saúde em internamento, ou para outros serviços de apoio, em regime de Contrato Individual de Trabalho.

PUB

Assistentes técnicos - Ref.ª AT/06.2021

Como requisitos obrigatórios de admissão os candidatos deverão ter idade mínima de 18 anos e 12º ano de escolaridade ou equivalente.

Mais detalhes aceda à Página de recrutamento - aqui.

Candidaturas até 01.07.2021.



Assistentes operacionais - Ref.ª AO/06.2021

Como requisitos obrigatórios de admissão os candidatos deverão ter idade mínima de 18 anos, Habilitação literária mínima obrigatória para o grupo etário, reconhecida em território nacional, e Disponibilidade para trabalhar por turnos (manhãs, tarde e noites, incluindo fins de semana e feriados, obrigatório para serviços de internamento, exceto se for para restantes serviços de apoio).

Mais detalhes aceda à Página de recrutamento - aqui.

Candidaturas até 01.07.2021.




O IPO de Lisboa

O Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil E.P.E. (IPO Lisboa) é uma unidade de saúde com quase um século de experiência no tratamento, estudo e investigação do cancro. Presta cuidados de saúde altamente especializados e diferenciados, e está certificado como Centro de Referência Nacional no tratamento de vários tipos de cancro pelo Ministério da Saúde, e acreditado pela Organization of European Cancer Institutes, tendo indicadores de qualidade idênticos aos dos melhores centros de referência internacionais.

O IPO Lisboa é um hospital público do Serviço Nacional de Saúde, desfruta de um enorme capital de prestígio social, médico, técnico e científico e é muito acarinhado por doentes e familiares, que destacam e valorizam a prestação humanista dos cuidados de saúde, que é marca única desta instituição.

 

Com cerca de 2000 trabalhadores – dos quais cerca de 360 médicos, mais de 590 enfermeiros e 190 técnicos de diagnóstico e terapêutica – o IPO Lisboa tem 283 camas e recebe doentes das regiões de Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo, Algarve, Açores, Madeira e ainda dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa.


Siga o Feed de Empregos no Facebook