Governo reforça a proteção social na eventualidade de desemprego




2021.12.16 - Foi hoje publicado o Decreto-Lei n.º 119/2021 que procede ao reforço da proteção social na eventualidade de desemprego.
Entre os vários apoios, foi estabelecido o aumento do valor mínimo do subsídio de desemprego para 509 euros.
PUB

O Governo tinha já decidido que o reforço extraordinário do valor mínimo do subsídio de desemprego, declarado para o período da Pandemia - Covid-19, seria tornado permanente. 

O valor mínimo do Subsídio de desemprego é calculado em percentagem do valor do Indexante dos Apoios Sociais (IAS).

O valor do IAS em 2022 será de 443,20 euros.

O valor mínimo do subsídio de desemprego passa a ser de 1,15 do IAS. Antes de 2020 era de 1 IAS

Assim, o valor mínimo do subsídio de desemprego sobre para 509 euros.


Outros apoios

- Majoração do montante do subsídio de desemprego
Torna-se também definitiva a majoração de 10% no subsídio de desemprego para os casais com filhos ou equiparados em que ambos os pais estejam desempregados, sendo também abrangidas as famílias monoparentais.

- Majoração do montante do subsídio por cessação de atividade

- Majoração do montante do subsídio por cessação de atividade profissional


Consultar todos os detalhes no Decreto-Lei n.º 119/2021 de 16 de dezembro.



+ ARTIGOS DE INTERESSE



Siga Feed de Empregos no Facebook

OFERTAS DE EMPREGO


Pub

ESTÁGIOS

Pub

CONCURSOS PÚBLICOS PRR (Plano de Recuperação e Resiliência)

Pub

NOTÍCIAS