PUB


Bélgica avança para semana de trabalho de 4 dias

 



Bélgica aprova semana de trabalho de quatro dias para tornar economia "mais inovadora, sustentável e digital".

Para dar mais "liberdade aos trabalhadores", a Bélgica aprovou a semana de quatro dias, mas funcionários mantêm as mesmas horas de trabalho. Tal como Portugal, país também aplica direito a desligar.

PUB

A coligação que governa a Bélgica aprovou esta terça-feira a semana de quatro dias sem perda de salário. Os trabalhadores terão, no entanto, de trabalhar as mesmas 38 horas semanais atuais, com a diferença de estarem concentradas em quatro dias em vez de cinco. O objetivo é gerar um melhor equilíbrio entre o tempo dedicado ao trabalho e à família e também tornar a economia mais “inovadora, sustentável e digital”.

A medida faz parte de uma reforma das leis laborais na Bélgica, que permitirá comprimir a semana de trabalho em quatro dias, mantendo-se o número de horas trabalhadas por semana. A medida, explicada pelo jornal El País, precisa ainda de ser aprovada no Parlamento.

Mas há mais opções nesta proposta de flexibilidade de horas de trabalho: o trabalhador pode optar por trabalhar menos horas numa determinada semana, compensando com mais horas na semana seguinte. “Uma semana clássica tem 38 horas. Haverá a possibilidade de trabalhar sete horas a mais e ir até 45 horas numa semana, depois até sete horas a menos na outra", detalhou o primeiro-ministro Alexander De Croo, citado pelo L’Avenir.


Siga-nos 


Pub

OFERTAS DE EMPREGO

Pub

EMPREGO EM LOJAS, RETALHO E RESTAURAÇÃO

Pub

ESTÁGIOS

Pub

NOTÍCIAS

Pub