Publicidade

Proposta do Governo de novo modelo de recrutamento e gestão de professores



14.03.2023 - O Governo divulgou, esta terça feira, um conjunto de perguntas e respostas sobre o novo modelo de recrutamento e gestão de professores.

Para o Governo, o novo modelo de recrutamento tem como prioridades o combate à precariedade, a redução das distâncias e a fixação dos professores em quadro de escola. 

Segundo o Governo, com esta proposta será possível vincular, ainda em 2023, mais de 10 mil professores. Além disso, garante que nos anos subsequentes todos os professores podem vincular, à medida que reúnam os requisitos para tal. 

Atualmente, existem 10 Quadros de Zona Pedagógica (QZP), com distâncias superiores a 200 km. Com esta proposta do Governo, haverá 63 QZP, com distâncias máximas que rondam os 50 km

As escolas precisam de estabilidade nos seus quadros. O Governo garante que em 2024, serão abertas mais de 20 mil vagas de quadro de escola, recorrendo-se menos à contratação e a professores em QZP. 


PUB

O Governo decidiu rever o modelo de recrutamento de professores tendo em atenção os seguintes fatores:

- Para garantir melhores condições de trabalho para os professores, aumentando a estabilidade e combatendo a precariedade.

- Para reduzir a mobilidade dos professores, que atualmente são obrigados a aceitar colocação em zonas geográficas de grande dimensão.

- Para melhorar os instrumentos de gestão, num momento de carência de docentes e de diversificação de projetos educativos.

- Para reduzir o número de horários incompletos e garantir melhores condições de trabalho para os professores contratados.

Consultar a Proposta com perguntas & respostas AQUI



Siga-nos 



Pub

EM DESTAQUE

Pub

OFERTAS DE EMPREGO

Pub

EMPREGO EM LOJAS, RETALHO E RESTAURAÇÃO

Pub

ESTÁGIOS

Pub

NOTÍCIAS


Vagas de auxiliares e técnicos para funções nas escolas e na área da educação