Publicidade

Tribunal de Contas está a recrutar 50 auditores em várias áreas (Lisboa)



O procedimento concursal comum permitirá a constituição de vínculo de emprego público, na modalidade de nomeação, com vista à ocupação de 50 postos de trabalho do mapa de pessoal -Sede da Direção Geral do Tribunal de Contas, na categoria de auditor verificador da carreira especial de auditor.


Âmbito do recrutamento: Podem candidatar-se ao procedimento concursal indivíduos com e sem vínculo de emprego público previamente constituído


O local de trabalho - Lisboa, ou ainda em qualquer local do território nacional no qual se situe a entidade objeto da realização de auditoria, inspeção, inquérito ou averiguação. O exercício das funções correspondentes ao lugar a preencher pode implicar permanências fora da cidade de Lisboa.


REQUISITOS GERAIS DE ADMISSÃO:

Podem candidatar-se ao procedimento concursal, os indivíduos que reúnam, até ao termo do prazo de candidatura, cumulativamente, os seguintes requisitos:

a) Nacionalidade portuguesa, quando não dispensada pela Constituição, convenção internacional ou lei especial;

b) 18 anos de idade completos;

c) Não inibição do exercício de funções públicas ou não interdição para o exercício das

funções que se propõe desempenhar;

d) Robustez física e perfil psíquico indispensáveis ao exercício das funções a que se candidata;

e) Cumprimento das leis de vacinação obrigatória.


PUB

Postos de trabalho / áreas:

Referência A - 15 postos

Requisito Habilitacional: Licenciatura em Direito;


Referência B - 15 postos

Requisito Habilitacional: Licenciatura numa das seguintes áreas: Contabilidade e fiscalidade, Economia, Finanças, banca e seguros e Gestão e administração;


Referência C - 7 postos

Requisito Habilitacional: Licenciatura numa das seguintes áreas: Ciências políticas e cidadania, Filosofia e ética, Psicologia e Sociologia e estudos culturais;


Referência D - 10 postos 

Requisito Habilitacional: Licenciatura numa das seguintes áreas: Construção civil e engenharia civil, Desenvolvimento e análise de software e aplicações informáticas, Design e administração de bases de dados e de redes informáticas, Eletricidade e energia, Eletrónica e automação, Engenharia e tecnologias afins sem definição precisa, Engenharia química e de processos, Estatística, Matemática, Matemática e estatística sem definição precisa, Programas de Engenharia e tecnologias afins não classificados noutras áreas, Programas e qualificações interdisciplinares que envolvem a Engenharia, indústrias transformadoras e construção, Química e Tecnologias da informação e comunicação (TICs) sem definição precisa;


Referência E - 3 postos

Requisito Habilitacional: Licenciatura numa das seguintes áreas: Ambientes naturais e vida selvagem, Biologia, Bioquímica, Ciências da terra, Ciências do ambiente, Produção agrícola e animal, Silvicultura e Tecnologia de proteção do ambiente.


CANDIDATURAS:

Apresente a sua candidatura para a referência que corresponde à sua área de licenciatura ou mestrado integrado. Certifique-se que tem consigo todos os elementos indicados no aviso de abertura para proceder ao preenchimento da candidatura com sucesso.

Mais detalhes e candidatura online em: https://recrutamento.tcontas.pt/

Candidaturas até 04.03.2024


NOTAS:

As carreiras e categorias na função pública

Os trabalhadores com vínculo de emprego público constituído por tempo indeterminado (contrato de trabalho em funções públicas e nomeação) exercem as suas funções integrados em carreiras

carreira integra uma ou mais categorias a que corresponde um conteúdo funcional legalmente descrito.  

categoria é a posição que os trabalhadores ocupam no âmbito de uma carreira, por referência à tabela remuneratória única. 


As carreiras dos trabalhadores em funções públicas são gerais ou especiais.


A carreira especial de Auditor do Tribunal de Contas tem duas categorias:

a) Auditor verificador

b) Auditor

* Consultar artigo 14º (Carreira especial de auditor) do Decreto-Lei n.º 121/2023, de 26 de dezembro

====================


O TRIBUNAL DE CONTAS


O Tribunal de Contas é o órgão supremo que tem como funções fiscalizar a legalidade e regularidade das receitas e despesas públicas, bem como apreciar a boa gestão financeira e efetivas responsabilidades por infrações financeiras. Tem jurisdição e poderes de controlo financeiro, tanto em Portugal como no estrangeiro.
À jurisdição e aos poderes de controlo financeiro do Tribunal de Contas estão sujeitos, no âmbito da Lei, entre outros, o Estado, as Regiões Autónomas, as autarquias locais, suas associações ou federações e serviços, as áreas metropolitanas, os institutos públicos e as instituições de Segurança Social.



+ ARTIGOS DE INTERESSE


Decreto-Lei n.º 121/2023de 26 de dezembro - cria a carreira especial de auditor do Tribunal de Contas e estabelece o seu regime


Imagem/logo: DGTC


Siga-nos 



Pub

EM DESTAQUE

Pub

OFERTAS DE EMPREGO

Pub

EMPREGO EM LOJAS, RETALHO E RESTAURAÇÃO

Pub

ESTÁGIOS

Pub

NOTÍCIAS


Vagas de auxiliares e técnicos para funções nas escolas e na área da educação