Fundação para a Ciência e a Tecnologia lança programa para estimular formação e investigação em «ciências da virologia» em Portugal

A Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) lançou esta terça-feira o “Doctorates4 covid-19”, um novo programa de bolsas de doutoramentos em virologia focado no combate à covid-19 com uma verba global anual de 3,5 milhões de euros – anunciou o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior em comunicado.


«DOCTORATES4 COVID-19» é uma nova iniciativa hoje lançada pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) para estimular a formação doutoral de investigadores e especialistas em «ciências da virologia» em Portugal.
 
Segundo o Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, este novo programa da FCT «tem toda a relevância e oportunidade face à reconhecida necessidade de estimular a formação de cientistas e especialistas em virologia em Portugal. Este concurso de formação doutoral especializada em ‘ciências da virologia’ deve ser planeado para vir a abrir durante, pelo menos, 5 anos consecutivos. 

Desde já, para 2020, este programa vai atribuir 50 bolsas de Doutoramento através de um concurso aberto em qualquer área científica que contribuam para os seguintes objetivos:

1. Epidemiologia e fatores de risco de infeção e doença grave pelo vírus;
2. A interação Homem-animal, mecanismos de resistência e de transmissão interespécies do vírus, e o risco de pandemias;
3. Estratégias de prevenção e preparação para novas epidemias, incluindo vacinas;
4. Abordagens inovadoras, incluindo novos métodos e novas tecnologias, para o diagnóstico da doença;
5. Caracterização dos mecanismos de infeção viral;
6. Caracterização da resposta do hospedeiro, imunológica celular e serológica, à infeção pelo vírus, impacto da idade e comorbilidades;
7. Desenvolvimento de novas terapias e de novas abordagens terapêuticas, incluindo equipamentos de suporte de vida e de proteção individual para o combate à doença;
8. Repercussões da infeção viral na saúde materna e no recém-nascido;
9. Impacto psicológico e alterações de comportamento associadas à pandemia.

As bolsas de doutoramento a atribuir no âmbito do programa DOCTORATES4 COVID-19 destinam-se a atividades de investigação desenvolvidas em instituições de ensino superior, unidades de I&D, Laboratórios Associados, Laboratórios Colaborativos, Centros de Interface Tecnológico, Laboratórios do Estado e outras instituições públicas de investigação, hospitais e unidades de cuidados de saúde, outras entidades integradas na Administração Pública, nacionais ou internacionais.
As candidaturas decorrem entre 8 de abril e 14 de maio e devem ser submetidas no portal myFCT.
Portugal, onde os primeiros casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus foram registados a 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde 19 de março e até ao final de 17 de abril, depois do prolongamento aprovado na quinta-feira na Assembleia da República.

Em Portugal, segundo o balanço feito segunda-feira pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 311 mortos e 11.730 casos de infeções confirmadas.